+55 (45) 3529-2045 plataformasri@pti.org.br

Financiadores

Encontre aqui o apoio que a sua iniciativa precisa.

SEBRAETEC

Visa à melhoria de processos, produtos, serviços e à introdução de inovações nas empresas e mercados, garantindo ao seu público-alvo o acesso subsidiado a serviços tecnológicos.
Sebraetec Paraná

 

Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP

Use o link abaixo para acessar as linhas de financiamento e as Áreas responsáveis pelos diversos instrumentos que a FINEP opera.
Chamadas Publicas FINEP

 

Banco Nacional do Desenvolvimento – BNDES

O apoio à inovação é prioridade estratégica para o BNDES. O objetivo é fomentar e apoiar operações associadas à formação de capacitações e ao desenvolvimento de ambientes inovadores, com o intuito de gerar valor econômico ou social e melhorar o posicionamento competitivo das empresas, contribuindo para a criação de empregos de melhor qualidade, o aumento da eficiência produtiva, a sustentabilidade ambiental e o crescimento sustentado do País.
Mais BNDES

 

Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial – EMBRAPII

A EMBRAPII atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré-competitiva da inovação. Ao compartilhar riscos de projetos com as empresas, tem objetivo de estimular o setor industrial a inovar mais e com maior intensidade tecnológica para, assim, potencializar a força competitiva das empresas tanto no mercado interno como no mercado internacional.
Acesso Empresas e Instituições

 

Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE

Com o objetivo de fazer o Sul do Brasil prosperar, o BRDE tem sido um parceiro que apoia e acompanha o desenvolvimento de projetos para aumentar a competitividade de empreendimentos de todos os portes na região sul do país. Uma referência em financiamentos de longo prazo para investimentos, capaz de transformar projetos em realidades.
Financiamentos

 

Fundação Araucária – Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná

A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Paraná (FA)  busca o desenvolvimento social, econômico e ambiental do Estado do Paraná, por meio de investimentos em ciência, tecnologia e inovação.
Programas aberto

 

Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras – ANPEI

Atua junto com as instâncias de governo, os setores produtivos e os formadores de opinião, disseminando a importância da inovação tecnológica para a competitividade das empresas e o desenvolvimento do Brasil.
Cooperação para Inovação       Recursos para Inovação

 

Simuladores PROINOVA – clique aqui

Este material tem por objetivo ser uma referência para o acesso a benefícios, recursos e gestão da inovação. São as simulações possíveis:

  • Simulador de Incentivos Fiscais (lei do bem)
  • Comparativo entre FCTO FINEP e FCTO BANCÁRIO
  • Comparativo entre SUBVENÇÃO FINEP e FCTONBANCÁRIO
  • Comparativo entre SUBVENÇÃO FINEP e FCTO FINEP
  • Comparativo entre SUBVENÇÃO FINEP + FCTO FINEP DA CONTRAPARTIDA com FCTO FINEP

 

Localizador de Programas de Incentivo PROINOVA – clique aqui

Este material tem por objetivo ser uma referência para o acesso a benefícios, recursos e gestão da inovação.

 

Lei do bem

A Lei 11.196/05, que passou a ser conhecida como “Lei do Bem”, cria a concessão de incentivos fiscais às pessoas jurídicas que realizarem pesquisa e desenvolvimento de inovação tecnológica.
Legislação       Guia Lei do bem

 

Lei da Inovação

A Lei nº 10.973, de 2 de dezembro de 2004, conhecida como Lei da Inovação, estabelece medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo, com vistas à capacitação e ao alcance da autonomia tecnológica e ao desenvolvimento industrial do país.
Tem o objetivo de incentivar a conexão entre universidade, centros de pesquisa e as empresas. Para isso, são estabelecidos mecanismos que incentivam a cooperação para a produção científica, tecnológica e de inovação.
 Legislação

 

Lei de Informática

A Lei de Informática (conforme as leis 8.248/91, 10.176/01, 11.077/04 e 13.023/14) é uma lei que concede incentivos fiscais para empresas do setor de tecnologia (áreas de hardware e automação), que tenham por prática investir em Pesquisa e Desenvolvimento. Esses incentivos fiscais referem-se à redução do IPI em produtos habilitados/incentivados. O objetivo do PEIEX é estimular a competitividade e promover a cultura exportadora nas empresas, qualificando e ampliando os mercados para as indústrias iniciantes em Comércio Exterior.
Pretende-se, por meio de ações de extensão industrial exportadora, proporcionar o engajamento das empresas no esforço de construção de uma estratégia de desenvolvimento compartilhada entre as empresas e as instituições de apoio, governamentais e não governamentais, com o objetivo de elevar o padrão de competitividade. 
Saiba mais 

 

Marco legal de Ciência, Tecnologia e Inovação

Foi apresentado por meio da Lei nº 13.243 de 11 de janeiro de 2016 – clique aqui
A regulamentação da referida lei foi publicada em fevereiro de 2018 por meio do Decreto nº 9.283 – clique aqui
O Decreto regulamenta:

  • Lei nº 10.973, de 2 de dezembro de 2004,
  • Lei nº 13.243, de 11 de janeiro de 2016,
  • art. 24, § 3º, e o art. 32, § 7º, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993
  • art. 1º da Lei nº 8.010, de 29 de março de 1990
  • art. 2º, caput, inciso I, alínea g, da Lei nº 8.032, de 12 de abril de 1990
  • e altera o Decreto nº 6.759, de 5 de fevereiro de 2009.

 

Redes setoriais e iniciativas organizadas em rede que apoiam a inovação nas instituições demandantes de competência científico-tecnológica.

 

SBRT – Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas

O MCTarticula rede de instituições que fornecem respostas técnicas à sociedade. Os objetivos do SBRT são buscar, por meio da conexão entre as instituições participantes, a solução para as questões apresentadas pelas empresas demandantes, em qualquer ponto do território nacional; facilitar o rápido acesso das empresas a soluções de problemas tecnológicos de baixa complexidade, em áreas específicas, mediante o fornecimento de resposta técnica personalizada, elaborada sob medida e customizada; promover a difusão do conhecimento; e contribuir para o processo de transferência de tecnologia.


INPI – Instituto Nacional de Propriedade Intelectual

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI é uma autarquia federal vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterio r, responsável por registros de marcas, concessão de patentes, averbação de contratos de transferência de tecnologia e de franquia empresarial, e por registros de programas de computador, desenho industrial e indicações geográficas, de acordo com a Lei da Propriedade Industrial (Lei n.º 9.279/96).

 

ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas
Redetec – Rede de Tecnologia do Rio de Janeiro
SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas
SENAC – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial
SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (vinculado à CNI)
ABIPTI – Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica
Anprotec – Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores 
SIMI – Sistema Mineiro de Inovação – é um programa focado no relacionamento entre governo, empresas e centros de pesquisa, para disseminar a Inovação.
ANPEI – Associação Nacional de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia das Empresas Inovadoras
IEL – Instituto Euvaldo Lodi
MBC – Movimento Brasil Competitivo
RNP – Rede Nacional de Ensino e Pesquisa

 

CYTED – Programa Iberoamericano de Ciencia Y Tecnología para el Desarrollo
DAAD – Deutscher Akademischer Austauschdienst – Bolsas de estudo e apoio a projetos Brasil-Alemanha
Ford Foundation – Bolsas e financiamento a projetos
OEA – Organização dos Estados Americanos – Bolsas de estudo
Social Science Research Council – Bolsas de estudo e prêmios 
WAIPA – World Association of Investment Promotion Agencies. O fórum mundial para o intercâmbio das melhores práticas em Promoção de Investimento
OSTI – Office of Scientific & Technical Information. Acelerar a difusão do conhecimento para o avanço da ciência e promover parceiros para facilitar a cooperação e o intercâmbio de informações