+55 (45) 3529-2045 plataformasri@pti.org.br

Araucária lança PPSUS 2020/2021 com o recurso de R$5 milhões

17/09/20
sri_adm

Araucária lança PPSUS 2020/2021 com o recurso de R$5 milhões

A Fundação Araucária lançou nesta quarta-feira (09) a chamada pública referente ao Programa de Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (PPSUS)  – edição 2020/2021. Esse Programa é uma parceria com o Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (Decit/SCTIE).O valor total disponibilizado nesta chamada é de R$5 milhões de reais, R$2 milhões da Fundação Araucária e R$3 milhões do Ministério da Saúde, sendo que serão repassados por meio do CNPq.

Este edital faz parte do NAPI Saúde que tem como objetivo mobilizar e integrar os ativos do Estado, englobando as sete universidades estaduais, quatro federais, um instituto federal, institutos de ciência e tecnologia e universidades privadas, no intuito de localizar estudos e pesquisadores renomados para atender aos desafios ligados à área.

A chamada contará com eixos temáticos e linhas de pesquisa que foram definidas por pesquisadores das áreas da saúde, biológicas e de tecnologia da informação, técnicos e gestores da saúde do Estado, controle social local e órgãos de controladoria. Neste ano, o edital terá novas linhas de pesquisa dentro dos cinco eixos temáticos, seguindo as orientações do Governo do Estado, que é a de promover ações de enfrentamento e prevenção ao coronavírus, devido à pandemia.

Essas novas linhas de pesquisa são: estudos sobre o impacto da Covid-19 na atenção materno-infantil, nas condições crônicas não transmissíveis, estudos sobre o desenvolvimento de tecnologias para enfrentamento da Covid-19, sobre a avaliação da rede de atenção à saúde sob o contexto da emergência em Saúde Pública desencadeada pela Covid-19 e avaliação econômica das ações para enfrentamento do coronavírus.

“O edital PPSUS seguirá o conceito do Novo Arranjo de Pesquisa e Inovação – Atenção Primária de Saúde. Este NAPI nasceu da necessidade da atenção primária ser a ordenadora e coordenadora do cuidado ao cidadão. Com esta iniciativa, é possível realizar pesquisas que tornam o sistema de saúde do Paraná mais inteligente, eficiente e econômico”, destacou o diretor de ciência, tecnologia e inovação da Fundação Araucária, Luiz Márcio Spinosa.

A submissão eletrônica das propostas pode ser realizada até o dia 09/10 e a contratação das propostas aprovadas vai acontecer a partir do mês de fevereiro de 2021. Mais informações: www.fappr.pr.gov.br – Programas Abertos.

Fonte: Fundação Araucária