+55 (45) 3529-2045 plataformasri@pti.org.br

Engenheiro da Copel é premiado por doutorado em Inteligência Artificial

08/01/20
sri_adm

Engenheiro da Copel é premiado por doutorado em Inteligência Artificial

O engenheiro eletricista Rodrigo Zempulski Fanucchi foi anunciado vencedor da maior premiação da academia brasileira para projetos inovadores de pós-graduação envolvendo inteligência artificial, o AI Awards. Fanucchi levou o prêmio por sua tese de doutorado, desenvolvida na Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo, em São Carlos (SP), com apoio do Programa de Pesquisa & Desenvolvimento da Copel.

O prêmio é concedido pela empresa Data H, com patrocínio da IBM, NVIDIA, i2a2 e Dream2B. Na Copel, Fanucchi gerencia o departamento de Procedimentos de Manutenção e Operação da Distribuição, e foi buscar na academia a inovação que trará resultados para a qualidade do fornecimento de energia para o consumidor paranaense.

“A Copel tem buscado formas e maneiras de utilizar a inteligência artificial e a automatização de processos para a melhoria da qualidade de serviço a nossos consumidores. O objetivo das pesquisas junto à USP é viabilizar a implantação de tecnologias que garantam maior rapidez na religação quando falta energia”, explica o engenheiro.

Entre os três finalistas do prêmio recebido em São Paulo esteve outro engenheiro da Copel, o superintendente de Tecnologia da Informação Marcos Henrique Marçal Camillo. Ambos desenvolveram as pesquisas de doutorado em períodos semelhantes na USP, sob orientação professores Carlos Dias Maciel e João Bosco Augusto London Junior, que coordenam trabalhos na área de tecnologias para otimização do restabelecimento de energia em grandes distribuidoras, utilizando redes inteligentes e oferecendo apoio à decisão dos operadores.

fonte: Agência de Notícias do Paraná