+55 (45) 3529-2045 plataformasri@pti.org.br

Pig Data: Ecossistema de inovação visa desenvolvimento regional conjunto

15/10/19
sri_adm

Pig Data: Ecossistema de inovação visa desenvolvimento regional conjunto

Tecnologia. Inovação. Ecossistema. Desruptura. São termos bastante atuais e que conflitam com as maneiras tradicionais a que a sociedade está acostumada. Um movimento no Oeste do Paraná busca acompanhar estas tendências norteadoras mundiais. “Quem não acompanhar a evolução e fazer parte dela está fadado ao fracasso”. Este é um conceito geral e alerta para a necessidade de inovar.

Com base neste cenário, a Iguassu-IT (Associação de Empresas de Tecnologia e Inovação do Oeste do Paraná), juntamente com parceiros, promoveu a segunda edição do Pig Data Convenção do Ecossistema de Inovação. Foram três dias de evento com painéis de discussão, palestras, cursos, hackathon, festival cosplay, desafio de drones, exposição, desafio de robôs e troca de informações.

“O Pig Data, já é referência como um dos maiores evento de tecnologia e inovação da região Oeste do Paraná”, frisa o presidente da Iguassu-IT, e coordenador do Iguassu Valley Toledo, Márcio Pinheiro.

Conforme os organizadores do evento, o que se busca é estimular o desenvolvimento regional, aproximar o ecossistema de inovação e tecnologia, composto por universidades, empresas, entidades sem fins lucrativos e poder público. “São novos negócios e novas parcerias em inovação e tecnologia com um ecossistema cada vez mais robusto”, avalia o consultor do Sebrae para a área de tecnologia da informação e comunicação, Osvaldo Brotto.

O gerente de marketing e negócios, Paulo Almeida, ressalta que o Pig Data é um evento de vanguarda e que está alinhado aos propósitos do Biopark, local onde ocorreu toda a programação do evento. “Tivemos um grande número de pessoas de toda a região e que representam diversos segmentos, o que é muito bom para o fortalecimento do ecossistema”, ressalta Márcio Pinheiro.

Festival cosplay

O festival cosplay (representação de personagens), premiou os melhores cosplayers do Pig Data. A apresentação ocorreu nesta sexta-feira (11).

Hackathon

Os participantes da maratona de programação apresentaram soluções de melhoria de mapeamento, relacionamento e atendimento de oito produtos conhecidos como OTCs, ou seja, que não precisam de prescrição para serem comercializados, da Prati Donaduzzi. Se classificaram as equipes Angah Tech, Dumax, Dona e LMA.

As propostas foram avaliadas por uma banca e, os quatro classificados participam dia 18 de outubro da apresentação final em evento na Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit).  A equipe vencedora ganhará R$2,5 mil. A segunda colocada leva R$1,5 mil e a terceira ganha R$ 1 mil.

Próximo Pig Data

Avaliado positivamente, a terceira edição do evento já começa a ser delineada para 2021, segundo Marcio Pinheiro. Pontos fortes, pontos a melhorar e outras avaliações serão feitas pelos organizadores.

 

Fonte:Iguassu-IT