+55 (45) 3529-2045 plataformasri@pti.org.br

Soluções da Celepar ajudam ações da saúde, segurança, trânsito e agricultura

26/08/20
sri_adm

Soluções da Celepar ajudam ações da saúde, segurança, trânsito e agricultura

A Celepar desenvolveu diversas soluções para contribuir com o combate e prevenção à Covid-19. São soluções na área da saúde e também para oferta de serviços digitais da Segurança Pública, Detran-PR, Fazenda, agricultura e para ações de solidariedade.

“Temos um papel fundamental neste momento, em que disponibilizamos a tecnologia para auxiliar tanto os gestores públicos quanto a população, uma vez que, ao deixar de comparecer presencialmente para obter serviços do Estado, estamos também preservando a saúde das pessoas, o que vem ao encontro do propósito de salvar vidas”, disse o presidente da Celepar, Leandro Moura. Ele lembrou, ainda, que a empresa e os colaboradores tiveram que se reinventar e se adaptar para a atuação de forma remota.

SAÚDE – Na área da saúde, a empresa desenvolveu e participou de diversas iniciativas, com foco na prevenção e no combate ao novo coronavírus, colocando a tecnologia como aliada aos profissionais.

Entre elas, o Sistema de Gestão Hospitalar e Ambulatorial do SUS (GSUS), uma ferramenta multidisciplinar que atende o paciente desde a entrada até a saída em uma unidade de saúde. O GSUS foi implantado, de forma inédita, remotamente em três hospitais paranaenses: o da Zona Norte de Londrina, de Dermatologia Sanitária do Paraná e de módulos no Hospital Regional do Litoral de Paranaguá.

Já o sistema de regulação GSUS/CARE está sendo a base operacional para a Secretaria da Saúde no enfrentamento da epidemia, ao possibilitar o gerenciamento da disponibilidade e ocupação dos mais de mil leitos de UTI criados especificamente para atender os casos de Covid-19, sem falar nos leitos de atendimento clínico, pediátrico e de retaguarda.

Ela está integrada com o sistema Notifica Covid, da Secretaria da Saúde, utilizado para a notificar e também gerenciar os casos suspeitos, confirmados e descartados de coronavírus. Este controle proporciona ao corpo clínico dos hospitais a tomada de ações adequadas de prevenção, cuidados e condutas no tratamento dos pacientes.

Em conjunto, ainda teve a disponibilização de relatórios através do Business Intelligence (BI), permitindo consultar os dados e acompanhar a evolução da doença e das condições da assistência hospitalar em tempo mais real. Estas ações favorecem o gerenciamento e o embasamento para a tomada de decisões.

A solução de assistência farmacêutica Sismedex desenvolvida pela empresa, foi adaptada, tanto para evitar aglomerações de pessoas, quanto para se adequar à nova regulamentação da renovação do Laudo de Solicitação de Medicamentos (LME), que passou a vigência de 3 para 6 meses. É um documento necessário aos pacientes para retirar seus medicamentos. Entre outras atualizações importantes neste processo, esteve a dispensação de medicamentos de forma antecipada, bem como a ampliação da entrega em casa dos medicamentos aos cidadãos.

TELEMEDICINA – A empresa, em parceria com a Superintendência da Ciência e Ensino Superior, desenvolveu o aplicativo Telemedicina Paraná. Este serviço gratuito já atendeu mais de 11 mil pacientes, dentre consultas médicas e acolhimentos psicológicos.

TRÂNSITO – O portal do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran/PR) foi reformulado para ampliar serviços digitais e facilitar o acesso aos cidadãos. Outra iniciativa que contou com a colaboração da Celepar, foi na disponibilização do novo serviço de liberação anual do laudo de Gás Natural Veicular (GNV), que dispensa a exigência do atendimento presencial.

SEGURANÇA PÚBLICA – O aplicativo 190 recebeu uma atualização, um botão chamado Covid-19, que possibilita ao cidadão realizar denúncias de locais com aglomerações de pessoas, com a opção de enviar fotos e vídeos. Assim, as forças policiais atendem as ocorrências, com o intuito de combater a proliferação do novo coronavírus.

O Sistema de Gestão da Execução Penal (Sigep) foi implantando no Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) ao final de julho. Esta solução possui mais de 200 funcionalidades, o que demonstra sua complexidade em meio à gama de serviços, possibilitando agilidade, eficiência e dinamismo aos gestores da segurança pública no Estado.

Em parceria com a Polícia Civil do Paraná (PCPR), a empresa desenvolveu uma solução que possibilita o registro pela internet de Boletins de Ocorrência (BO) referentes a crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher (Lei Maria da Penha) e estelionato. Os registros podem ser feitos pelo portal www.policiacivil.pr.gov.br/BO .

FAZENDA – Lançado em parceria com a Receita Estadual e a Secretaria da Fazenda, o aplicativo Melhor Hora, ajuda o cidadão na escolha do melhor momento para realizar compras em mercados e farmácias, evitando aglomerações e preservando a sua saúde. Com base na emissão de notas fiscais, é possível pesquisar por bairro e cidade, um indicativo do fluxo de pessoas realizando compras naqueles estabelecimentos.

“É uma solução simples e que une a tecnologia com a preservação da saúde. Vale lembrar a importância da emissão da nota fiscal. Portanto, ao solicitar a inclusão de seu CPF em compras no comércio, o cidadão pode receber créditos no Nota Paraná, além de ajudar outros cidadãos em consultas das melhores ofertas no aplicativo Menor Preço. Está tudo conectado”, explicou o presidente Leandro Moura.

AGRICULTURA – A empresa participou do evento Pense Agro, quando foram apresentadas algumas soluções voltadas para a agricultura. O evento contou também com um workshop gratuito da Celepar, para ensinar como utilizar alguns aplicativos do Governo do Estado, como o Paraná Inteligência Artificial (PIÁ), Melhor Hora, Menor Preço e o Paraná Solidário.

Além disso, alguns sistemas ajudaram ao Estado a conseguir uma certificação nacional de território livre da febre aftosa, emitido pelo Ministério da Agricultura, o que amplia a possibilidade de exportação de suínos, peixe, frango, leite e pecuária bovina de corte.

CARTÃO COMIDA BOA – A Celepar realizou a impressão do cartão, além de ser responsável pela criação e administração do site www.cartaocomidaboa.pr.gov.br, com as informações voltadas ao cidadão, unidades de atendimento e o cadastramento dos comerciantes que participaram do programa. Também foi responsável pelo desenho e implementação da solução tecnológica que geriu as informações desta iniciativa, ajudando mais de 750 mil famílias, com a movimentação de R$ 113 milhões no comércio paranaense.

“Mobilizamos mais de 50 colaboradores que, inclusive, auxiliaram no treinamento dos atendentes do programa. Esta iniciativa foi fundamental para assistência à população em um momento extremamente delicado”, disse Moura.

Ele afirma que o desafio da Celepar foi grande, pois foi identificado que nem todos os beneficiários possuíam acesso à internet ou celular. A solução foi mudar o fluxo, colocando essa necessidade e responsabilidade ao comerciante, por isso a criação de um cartão com QR-Code atrelados a um CPF e com senha simples, garantindo a segurança e acessibilidade ao cidadão para obter o benefício.

SOLIDARIEDADE – O presidente da Celepar destaca que, em momentos como esse da pandemia, os colaboradores demonstraram que a tecnologia também é humana. “Uma de nossas soluções ilustra isso, o aplicativo Paraná Solidário, que conecta a solidariedade do doador com a necessidade de algum produto por parte de uma instituição”, explicou Leandro Moura.

A Celepar participou de algumas campanhas, como a Cesta Solidária, oportunidade em que foram doados pelos colaboradores cerca de 2,5 toneladas de alimentos, e do Aquece Paraná, com 500 itens entre vestuário e cobertores. Além disso, máscaras foram doadas à Central Única de Favela, para voluntários que estão atuando na linha de frente no enfrentamento da pandemia.

TECH AJUDA –  A empresa identificou que muitas pessoas possuem dificuldade no uso da tecnologia, como no manuseio de aplicativos. Pensando nisso, foi lançado durante a pandemia o serviço Tech Ajuda. Já foram feitos mais de 2.700 atendimentos via WhatsApp. Os colaboradores voluntários auxiliam cidadãos que precisam de ajuda tecnológica, principalmente no uso de smartphones.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná