+55 (45) 3529-2045 plataformasri@pti.org.br

Tecpar articula parceria com a ONU e o Sebrae na área de biogás

13/01/20
sri_adm

Tecpar articula parceria com a ONU e o Sebrae na área de biogás

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (Unido) e o Sebrae-PR discutem uma parceria na cadeia produtiva de biogás. As tratativas iniciaram nesta quinta-feira (09) em reunião em Curitiba.

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, e o diretor de Indústria e Inovação, Rafael Rodrigues, receberam o representante da Unido para o Brasil e Venezuela, Alessandro Amadio, e o diretor de Operações do Sebrae-PR, Júlio Cézar Agostini.

“O Tecpar está abrindo novas frentes de atuação, entre elas a área de energias renováveis, na qual vem estruturando novas parcerias. Além da contribuição tecnológica, a participação do Tecpar neste projeto representa o apoio governamental à iniciativa, conforme as diretrizes de inovação propostas por este Governo”, afirmou Jorge Callado.

O diretor de Operações do Sebrae disse que a visita ao Tecpar teve o objetivo de conhecer as condições técnicas do instituto neste segmento para, então, dar apoio ao projeto. Segundo Agostini, o Sebrae está contribuindo com o projeto da Unido na articulação dos atores envolvidos na cadeia produtiva do biogás.

O representante da Unido apresentou as ações em andamento, como a plataforma de informações e o mapeamento da demanda e oferta de biogás no Paraná, e falou sobre a expectativa de novas parcerias. “Queremos desenvolver um sistema mais complexo na cadeia do biogás, com redes de produtores de biogás e redes de utilizadores de energia”, afirmou.

UNIDO – É a agência especializada das Nações Unidas que promove o desenvolvimento industrial para redução da pobreza, globalização inclusiva e sustentabilidade ambiental.

A Unido é responsável pelo projeto GEF Biogás Brasil (Aplicações do Biogás na Agroindústria Brasileira), liderado no Brasil pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. A iniciativa conta com quase US$ 8 milhões em recursos diretos, além de parceiros governamentais, privados, setoriais e acadêmicos.

 

Fonte: Agência de Notícias do Paraná