+55 (45) 3529-2045 plataformasri@pti.org.br

Você está aqui PTI prorroga prazo de edital com objetivo de fortalecer empresas paranaenses

31/03/20
sri_adm

Você está aqui PTI prorroga prazo de edital com objetivo de fortalecer empresas paranaenses

A proposta do edital de incubação do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) deste ano é tanto aumentar a competitividade de indústrias de médio e grande porte do Paraná, como fortalecer e impulsionar startups e novos empreendedores. Já visando a retomada da economia após o enfrentamento do Coronavírus (COVID-19), o PTI optou por prorrogar o prazo de inscrições da primeira fase, com o objetivo de auxiliar os empresários paranaenses.

A nova data para que empresas de médio e grande porte paranaenses cadastrem problemas a serem resolvidos por empreendedores dispostos a propor soluções é até o dia 30 de abril. Para fazer o cadastro, basta preencher um formulário e anexar alguns documentos da empresa, por meio do link: https://webforms.pti.org.br/inovacaocorporativa.

As demandas devem ser nas áreas de atuação do Parque Tecnológico: Agronegócio; Energia; Segurança de Infraestruturas Críticas – relativas a ativos e serviços essenciais para a população; e Turismo e Cidades – referentes a produtos e serviços que podem, por exemplo, auxiliar as cidades a se tornarem inteligentes, melhorar a mobilidade urbana e que envolvem o turismo sustentável.

As empresas de médio e grande porte podem cadastrar até três demandas. Na segunda fase do edital,que vai entre 13 de maio e 22 de junho, empreendedores e startups poderão cadastrar propostas de soluções para estas demandas.

A Incubadora do Parque Tecnológico vai selecionar 48 propostas, que receberão uma bolsa-auxílio para o desenvolvimento de um protótipo, em um período de dois meses.

Os protótipos serão avaliados pelas empresas demandantes e os oito projetos com maior pontuação entrarão para a incubação no PTI, onde terão acesso a toda estrutura da instituição, que inclui coworking, sala de prototipação e sala de design thinking da Incubadora, laboratórios, serviços e demais espaços do Parque.

Também receberão consultorias e mentorias, além de recursos para dar suporte ao desenvolvimento do produto, em um prazo de até doze meses.

“Neste cenário em que estamos enfrentando agora, mais do que nunca há a necessidade de estimular empresas e startups. Por isso, optamos pela prorrogação do edital, que visa resolver os problemas atuais e aumentar a competitividade de indústrias por meio de produtos oferecidos pelas startups”, afirma o diretor de Negócios e Inovação, Rodrigo Régis de Almeida Galvão.

O edital com todas as informações está disponível no link: pti.org.br/incubadorasantosdumont.

 

Fonte: PTI